Archive for the ‘Vôlei de Praia’ Category

Bernardo Romano é nono no vôlei de praia em Salvador

outubro 25, 2010

Depois de um bom começo, Bernardo Romano deixou a Praia da Armação, neste sábado, com o nono lugar na décima etapa do Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia, em Salvador. Ao lado do paranaense Raphael, o jogador, da Equipe Banco Cruzeiro do Sul, foi derrotado na fase eliminatória pela dupla formada por Fábio Luiz, vice-campeão olímpico em Pequim/2008, e Bruno por 2 sets a 0 (18/16 e 18/12). Na etapa anterior, em Maceió, Bernardo e Raphael haviam superado os mesmos adversários por 2 sets a 1.

“O Circuito Brasileiro é muito equilibrado, muito profissional. Como o jogo da nossa dupla está aparecendo, eu e o Raphael começamos a ficar mais visados, os rivais nos estudam mais”, diz Bernardo. “Foi o que aconteceu aqui em Salvador. O Fábio Luiz e o Bruno devem ter tirado lições valiosas do nosso confronto em Maceió e hoje a tática deles encaixou melhor.”

Bernardo e Raphael saíram na frente no primeiro set. “Estávamos em vantagem, mas aí o bloqueio do Fábio Luiz começou a encaixar no ataque do Raphael e eles acabaram virando o jogo. No segunto set, o Raphael baixou a guarda um pouquinho e eles souberam aproveitar.”

O sábado em Salvador começou com uma boa vitória de Bernardo e Raphael sobre Pará e Beto Pitta por 2 sets a 0 (18/15 e 18/10). As duas duplas são companheiras de treinos no Rio, têm o mesmo técnico e se conhecem bem – até o ano passado, Pará era o parceiro de Bernardo no vôlei de praia. “Tive o prazer e a honra de jogar com o Pará, um grande amigo fora de quadra”, diz Bernardo. “Mas hoje não deixamos eles respirarem. Foi saque forte em cima de saque forte, todos os fundamentos funcionaram bem e mantivemos a virada de bola.”

A próxima etapa do Circuito Brasileiro será de 10 a 14 de novembro, em Vila Velha, no Espírito Santo. Antes, Bernardo vai defender a cidade de São José dos Campos nos Jogos Abertos do Interior, em Santos, de 6 a 8 de novembro. Em julho, também por São José dos Campos, Bernardo e Raphael foram medalha de bronze nos Jogos Regionais do Interior.

Bernardo Romano integra a Equipe Banco Cruzeiro do Sul.

Anúncios

Bernardo Romano estreia confiante em Salvador

outubro 21, 2010

Embalado pelo quinto lugar em Maceió, Bernardo Romano estreia confiante na etapa de Salvador do Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia, na Praia da Armação. “Estamos bastante animados. Recuperamos a confiança no nosso jogo. É claro que no vôlei o físico e a técnica são importantes, mas o lado psicológico conta muito”, diz o jogador da Equipe Banco Cruzeiro do Sul, que no Brasileiro forma dupla com Raphael.

Depois das etapas de Fortaleza e João Pessoa, em que os resultados não foram os esperados, a dupla apresentou bom desempenho em Maceió , voltando a mostrar o bom jogo que, no primeiro semestre, rendeu a Bernardo e Raphael quatro cinco lugares seguidos na competição. “Precisávamos provar que esses resultados não tinham sido por acaso. E conseguimos”, comemora.

Para a etapa de Salvador, confiança é a palavra de ordem. “Se estamos confiantes, entramos mais firmes nas decisões, arriscamos mais no saque, arriscamos jogadas novas”, diz Bernardo. “Temos de bater o martelo e assumir que somos um time grande, a sétima dupla do País.”

No primeiro semestre, antes da parada do Brasileiro para a disputa do Circuito Mundial, a intenção de Bernardo era terminar o ano entre as oito primeiras duplas nacionais. Agora, a meta já mudou. “Conforme vemos que temos condições, começamos a querer algo mais, a ir além. O atleta também é feito de desafios, não pode se conformar ou fica estagnado”, diz Bernardo.

“Tivemos o quinto lugar cinco vezes este ano. Quinto lugar é bom? Claro que é, mas também significa que batemos na trave cinco vezes para ir para a semifinal”, compara Bernardo. “E queremos pelo menos uma semifinal antes de encerrar o ano. Temos mais três etapas pela frente para conseguir isso.”

Como sétimos colocados no ranking brasileiro de vôlei de praia, Bernardo e Raphael não terão de passar pelo qualifying em Salvador e entram direto na chave principal, que começa nesta sexta-feira (22/10), com 24 duplas na disputa. A fase eliminatória e as semifinais serão no sábado, com disputa de terceiro lugar e final no domingo.

“Só começamos a jogar na sexta-feira, porque entramos direto na chave principal. Mesmo assim, decidimos vir para Salvador na quarta. Além dos ventos fortes, a Praia da Armação tem uma areia muito fofa. Chegando antes, vamos ter mais tempo de adaptação”, finaliza Bernardo.

Bernardo Romano integra a Equipe Banco Cruzeiro do Sul.

Bernardo soma pontos valiosos no ranking em Maceió

outubro 10, 2010

O jogador Bernardo deixou Maceió (AL) comemorando a volta do bom jogo de sua parceria com o paranaense Raphael na nona etapa do Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia. Na arena de Pajuçara, a dupla somou importantes pontos para o ranking nacional ao chegar até as portas das semifinais, neste sábado (9/10). “Não tivemos jogo fácil. Além da fase ser de mata-mata os adversários são muito competitivos. Mas jogamos bem, voltamos a ter as atuações do primeiro semestre, além de manter uma boa posição no ranking”, disse Bernardo, jogador da Equipe Banco Cruzeiro do Sul. Antes desta etapa, Bernardo e Raphael estavam em sétimo no ranking.

Agora, o domingo e a segunda-feira serão de descansos, mas em pleno feriado, na terça-feira, a dupla já estará de volta aos treinos, no Leblon, no Rio de Janeiro, visando manter a regularidade na etapa 10ª etapa do Circuito Brasileiro, em Salvador, que será disputada de 20 a 24.

Após uma vitória e uma derrota na véspera, a dupla teve uma boa jornada neste sábado (9/10). Venceu fácil Júlio/Luciano por 2 sets a 0, com duplo 18/7 nas parciais. Depois, Bernardo comandou o time contra Fábio Luiz e Bruno e nova vitória: 2 sets a 1 (18/15, 13/18 e 15/11). Bernardo e Rafael só cairam na disputa do terceiro jogo, contra Alison e o campeão olímpico Emanuel por 2 a 0 (18/11 e 18/11).

O intervalo entre os dois últimos jogos do dia foi de meia hora. “Ainda estava comemorando a vitória sobre o Fábio Luiz quando o árbitro veio chamar para o jogo na quadra central. Mas no sábado é sempre assim, um jogo atrás do outro, sem jogo fácil”, disse Bernardo. “Mas a gente ficou feliz porque precisava provar que os resultados do primeiro semestre não foram sorte. O Raphael largou tudo na cidade dele, a namorada, a vida dele, veio para o Rio, para treinarmos, trabalhamos duro… As atuações ruins de Fortaleza e João Pessoa fizeram a gente ficar aborrecido. Ainda bem que retomamos o bom jogo”, avaliou Bernardo.

Bernardo e Raphael perderam a primeira partida da fase eliminatória para Juca e Zé Írio por 2 a 0 (15/18 e 18/20). A pequena diferença de pontos entre as duplas nos sets foi explicada por Bernardo. “Foi uma história que se repetiu pela terceira vez na temporada. Abrimos na frente, dominamos todo o jogo, mas perdemos no fim, um problema que não está na bola, mas no psicológico. Conversamos muito, mas apagamos porque é um jogo após o outro”, contou.

A conversa surtiu efeito na segunda partida e, apesar do vento forte que começou a soprar em Maceió, Bernardo e Raphael derrotaram Valderes e Gilmário por 2 a 1 (18/10, 15/18 e 15/12). “Foi um jogo feio por causa do vento, perdemos o segundo set, mas tivemos cabeça para administrar e vencer”, comentou Bernardo. O importante foi superar as eliminatórias na repescagem, em que a dupla se concentrou em reencontrar o bom jogo e somar pontos para o ranking.

Bernardo Romano integra a Equipe Banco Cruzeiro do Sul.

Bernardo busca mostrar bom jogo na etapa de Maceió

outubro 7, 2010

Mostrar que a dupla voltou a encontrar o bom jogo do primeiro semestre é a expectativa de Bernardo Romano para a nona etapa do Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia, em Maceió, Alagoas. Bernardo, atleta da Equipe Banco Cruzeiro do Sul, que no Brasileiro é parceiro de Raphael, entra direto na disputa da chave principal, a partir desta sexta-feira (8/10). “Na etapa passada, em João Pessoa, apesar do vento forte, mostramos o nosso bom jogo voltando. Ficamos bem perto do que apresentamos na primeira metade do ano”, disse Bernardo.

Será a 14.ª vez consecutiva que Maceió receberá as principais duplas do vôlei de praia brasileiro, na arena montada na Praia da Pajuçara. Bernardo conhece bem o local, em que predominam ventos regulares, areia fofa e sol forte. “Geralmente, são boas as condições climáticas em Maceió. Costuma ser um bom cenário, típico do vôlei de praia, um lugar bom para jogar. Sempre tem vento, mas não como em Fortaleza e João Pessoa.”

Bernardo e Raphael ocupam a sétima posição no ranking e entram diretamente na chave principal. Na programação de Maceió, as duplas que vierem do qualifying se juntarão às 16 pré-classificadas por ordem de ranking. As parcerias serão divididas em seis chaves e as três melhores de cada grupo avançarão às eliminatórias, composta por repescagem, oitavas, quartas e semifinais, no sábado. As finais e disputas de terceiro lugar serão na manhã de domingo.

A motivação de Bernardo não esconde o desafio que a dupla terá pela frente na etapa alagoana. “Sabemos o que vamos encontrar. O circuito é muito equilibrado. Basta ver que em todas as etapas estão trocando os vencedores. Pedro Cunha e Thiago que chegaram a ganhar quatro etapas, virtuais campeões, perderam dois jogos na última etapa e não chegaram. É preciso entrar a 200%, estar bem competitivo porque o circuito brasileiro é o melhor do mundo.”

A dupla, formada este ano, vinha de bons resultados no primeiro semestre, até a interrupção do Brasileiro para o Circuito Mundial, em abril. Bernardo sofreu um acidente – foi mordido na mão por um pitbull – e na volta às competições, nos Jogos Regionais do Interior, no final de julho, foi bronze, ao lado de Raphael. No início de agosto, conquistou a prata no Wolfurt Trophy, na Áustria, com Jan, já como preparação para o Mundial Militar de Vôlei de Praia, na Alemanha, em que também conquistou a prata.

Bernardo Romano integra a Equipe Banco Cruzeiro do Sul.

“Bobeada” tira Bernardo Romano do Vôlei de Praia em João Pessoa

setembro 26, 2010

Bernardo Romano está fora da etapa de João Pessoa do Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia. “Demos uma relaxada e isso foi fatal”, resumiu o jogador da Equipe Banco Cruzeiro do Sul, depois de perder, neste sábado, ao lado de Raphael, para Oscar e Lipe por 2 sets a 0 (18/16 e 18/13). “Fizemos tudo bem, jogamos bem, mas baixamos a guarda numa hora em que não podíamos.”

Como havia acontecido na véspera, na derrota por 2 a 0 para Pedro Solberg e Harley, Bernardo e Raphael abriram boa vantagem no primeiro set, mas permitiram a reação dos adversários. “Relaxamos. Aí, eles foram chegando, chegando, empataram e ganharam. Ficamos abatidos com a derrota no primeiro set e acabamos perdendo o jogo”, analisou Bernardo. “Oscar e Lipe são uma boa dupla, mas não fizeram nada de absurdo. Eu e o Raphael bobeamos.”

Segundo o jogador, isso mostra que em um campeonato do nível do Circuito Brasileiro não é possível relaxar nunca. Depois da partida, Bernardo e Raphael conversaram bastante, tentando entender o que havia acontecido. “Não foi nada técnico, nada físico, só essa relaxada fora de hora”, disse Bernardo. “Agora, é treinar bastante para ter um desempenho melhor em Maceió.”

Mesmo com a derrota em João Pessoa, Bernardo e Raphael mantêm o oitavo lugar no ranking nacional de vôlei de praia. A nona etapa do Circuito Brasileiro será disputada de 6 a 10 de outubro, em Maceió (AL).

Bernardo Romano integra a Equipe Banco Cruzeiro do Sul.

Bernardo Romano segue na disputa em João Pessoa

setembro 24, 2010

Bernardo Romano encerrou o primeiro dia de disputa da etapa de João Pessoa do Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia, nesta sexta-feira, com uma vitória e uma derrota. Depois de superar Fabiano e Pedro Grael por 2 sets a 0 (parciais de 19/17 e 18/16), o jogador da Equipe Banco Cruzeiro do Sul, em dupla com Raphael, foi derrotado por Pedro Solberg e Harley, por 2 sets a 0 (parciais de 18/16 e 18/12). O torneio prossegue neste sábado (25/9), na Praia do Cabo Branco.

“Ninguém fica feliz, satisfeito, de perder”, diz Bernardo. “Mas gostei desse primeiro dia. Retomamos a confiança no nosso jogo, depois da má atuação na etapa de Fortaleza”, ressalta. “O primeiro jogo foi bem parelho, soubemos administrar. No segundo jogo, o primeiro set foi bem equilibrado, estávamos bem. No segundo set, saímos na frente e chegamos a abrir 10/6, mas o Harley começou a encaixar bem o saque, nosso jogo degringolou e eles acabaram virando. Harley mostrou por que foi eleito o melhor jogador do mundo em 2008.”

Segundo Bernardo, sem o técnico – que não viajou para João Pessoa -, fica difícil saber o que deu errado. “Na quadra, não conseguimos ver nossas falhas. Na verdade, não sabemos por que perdemos. Mas vamos assistir ao vídeo do jogo para tentar entender o que aconteceu”, diz o jogador. “Amanhã tem mais.”

Para este sábado, está prevista a fase eliminatória, com repescagem, oitavas de final, quartas de final e semifinais. A final e a disputa de terceiro lugar serão no domingo (26/9) pela manhã.

Bernardo Romano integra a Equipe Banco Cruzeiro do Sul.

Bernardo Romano joga em João Pessoa para esquecer Fortaleza

setembro 22, 2010

Conseguir apagar a má impressão deixada na etapa de Fortaleza do Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia, quando disputou apenas três partidas, é a expectativa de Bernardo Romano para a etapa de João Pessoa, na Paraíba, a partir desta quarta-feira (22/9). “Mas sem desespero”, diz o atleta da Equipe Banco Cruzeiro do Sul, que no Brasileiro é parceiro de Raphael.

Bernardo lembra que a dupla, formada apenas este ano, vinha de bons resultados no primeiro semestre, até a interrupção do Brasileiro para o Circuito Mundial, em abril. “Ficamos em quinto lugar quatro vezes e em sétimo no ranking, muito bom para quem está jogando junto há tão pouco tempo. Esse torneio de Fortaleza foi o primeiro mais ou menos que fizemos”, diz o jogador.

Depois de Fortaleza, Bernardo e Raphael conversaram muito. “O vento lá estava muito forte. Isso atrapalhou e, simplesmente, não conseguimos ter uma boa atuação. Em João Pessoa, o vento é ainda pior, mas é jogar sem pressão que os resultados vão voltar”, afirma Bernardo.

A programação na Praia do Cabo Branco, em João Pessoa, terá início nesta quinta-feira, com a disputa do qualifying. Com o oitavo lugar no ranking brasileiro, Bernardo e Raphael entram direto na chave principal, que começa na sexta-feira. “Vamos aproveitar a quinta-feira para conhecer a arena do torneio, treinar, sentir o vento e a areia”, diz Bernardo.

O torneio principal será disputado por 24 duplas no masculino e 24 no masculino. Depois das duas primeiras rodadas, 18 duplas no masculino e 18 no feminino avançam para a fase eliminatória (repescagem, oitavas de final, quartas de final e semifinais), marcada para sábado. As finais e a disputas de terceiro lugar serão no domingo, pela manhã.

Bernardo Romano integra a Equipe Banco Cruzeiro do Sul.

Bernardo Romano sente falta de ritmo de jogo em Fortaleza

setembro 11, 2010

Bernardo Romano está fora da etapa de Fortaleza do Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia. Ao lado de Raphael, Bernardo, da Equipe Banco Cruzeiro do Sul, perdeu neste sábado da dupla Rodrigo Saunders e Billy por 2 sets a 0 (18/14 e 18/12), na Praia de Iracema, em Fortaleza (CE). “Foi pena. Estava bem preparado, mas ainda senti falta de ritmo de jogo”, disse o jogador.

A dupla terminou o primeiro semestre na sétima posição no ranking nacional. No início de maio, Bernardo foi mordido por um pitbull e só voltou a competir no final de julho. Em Fortaleza, na retomada do Circuito Brasileiro, tinha consciência de que seria posto à prova.

“Muitos sabem que fiquei bastante tempo parado, iam querer me testar, ver se estou curado mesmo. A expectativa era grande, tínhamos treinado bem”, disse Bernardo. “Agora, só não podemos transformar o mau resultado em decepção. Vamos seguir em frente, sem desanimar.”

A próxima etapa do Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia será em João Pessoa, na Paraíba, de 22 a 26 de setembro.

Bernardo Romano integra a Equipe Banco Cruzeiro do Sul.

Bernardo Romano segue firme na disputa do vôlei de praia em Fortaleza

setembro 10, 2010

Com uma derrota e uma vitória no primeiro dia de disputa da etapa de Fortaleza do Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia, nesta sexta-feira, Bernardo Romano, da Equipe Banco Cruzeiro do Sul, continua firme na briga por bons resultados. “Está muito difícil jogar aqui. Fortaleza é famosa pelo vento, mas este ano, em especial, está ventando demais”, conta o jogador. “Amanhã, vamos para a repescagem.”

Bernardo e Raphael foram superados por Oscar e Lipe no primeiro jogo da fase classificatória por 2 sets a 0 (11/18 e 13/18). “Tivemos muita dificuldade, não conseguimos nos adaptar ao vento e viramos presa fácil para os adversários, que erraram menos e dominaram a partida. Levantamos a cabeça, viramos a página e fomos com tudo para o segundo jogo. Afinal, era vida ou morte. Graças a Deus, foi vida”, brinca Bernardo.

Na segunda partida, Bernardo e Raphael derrotaram Kadu e Guilherme por 2 sets a 1 (13/18, 19/17 e 15/10). “Perdemos o primeiro set, mas nos superamos e viramos o segundo. Aí, sim, conseguimos mostrar nossa força e vencemos com tranquilidade”, conta Bernardo. “Estamos firmes na briga. Amanhã, tenho certeza de que estaremos mais adaptados às condições climáticas e mostraremos um vôlei de melhor qualidade.”

Bernardo e Raphael terminaram o primeiro semestre na sétima posição no ranking nacional. No início de maio, Bernardo foi mordido por um pitbull e só voltou a competir no final de julho. Na retomada do Circuito Brasileiro, tem consciência de que será bastante exigido. “Muita gente sabe que eu fiquei um longo tempo parado, que fui mordido na mão por um pitbull. Vão querer me testar, ver se estou curado mesmo”, reconhece Bernardo, que ainda sente falta de ritmo de jogo.

Bernardo Romano integra a Equipe Banco Cruzeiro do Sul.

Bernardo Romano segue firme na disputa do Vôlei de Praia em Fortaleza

setembro 10, 2010

Com uma derrota e uma vitória no primeiro dia de disputa da etapa de Fortaleza do Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia, nesta sexta-feira, Bernardo Romano, da Equipe Banco Cruzeiro do Sul, continua firme na briga por bons resultados. “Está muito difícil jogar aqui. Fortaleza é famosa pelo vento, mas este ano, em especial, está ventando demais”, conta o jogador. “Amanhã, vamos para a repescagem.”

Bernardo e Raphael foram superados por Oscar e Lipe no primeiro jogo da fase classificatória por 2 sets a 0 (11/18 e 13/18). “Tivemos muita dificuldade, não conseguimos nos adaptar ao vento e viramos presa fácil para os adversários, que erraram menos e dominaram a partida. Levantamos a cabeça, viramos a página e fomos com tudo para o segundo jogo. Afinal, era vida ou morte. Graças a Deus, foi vida”, brinca Bernardo.

Na segunda partida, Bernardo e Raphael derrotaram Kadu e Guilherme por 2 sets a 1 (13/18, 19/17 e 15/10). “Perdemos o primeiro set, mas nos superamos e viramos o segundo. Aí, sim, conseguimos mostrar nossa força e vencemos com tranquilidade”, conta Bernardo. “Estamos firmes na briga. Amanhã, tenho certeza de que estaremos mais adaptados às condições climáticas e mostraremos um vôlei de melhor qualidade.”

Bernardo e Raphael terminaram o primeiro semestre na sétima posição no ranking nacional. No início de maio, Bernardo foi mordido por um pitbull e só voltou a competir no final de julho. Na retomada do Circuito Brasileiro, tem consciência de que será bastante exigido. “Muita gente sabe que eu fiquei um longo tempo parado, que fui mordido na mão por um pitbull. Vão querer me testar, ver se estou curado mesmo”, reconhece Bernardo, que ainda sente falta de ritmo de jogo.

Bernardo Romano integra a Equipe Banco Cruzeiro do Sul.