Sargento Bernardo e o pit bull

Olá, pessoal! Tudo bem? Quanto tempo, hein?! Pois é, demorei, mas apareci de novo para conversarmos um pouco. Vamos lá?

Antes de mais nada, vamos ao por que do meu sumiço. Peço desculpas a todos! No dia 2 de maio, estava na Lagoa Rodrigo de Freitas, no Rio de Janeiro, passeando com minha esposa e meu cachorro, um labrador lindo, amo cachorro. De repente, um pit bull, sem coleira e sem focinheira, atacou o meu cachorro. Foi assustador.

Tentei separar os dois com chutes e pontapés, mas nada surtiu efeito. Então, resolvi dar um soco no pit bull. Aí, ele me pegou. Mordeu e machucou bastante meu dedo indicador da mão direita. Graças a Deus, não feriu meu cachorro nem minha esposa.

Fiquei muito revoltado. Afinal, é lei! Esses cachorros têm de andar de focinheira, mas o dono não era uma pessoa muito agradável e não teve conversa. Foi um tumulto grande.

Tive de sair rápido de lá e ir para o hospital. Afinal, minha mão é meu instrumento de trabalho! Jogo vôlei de praia! Foram 40 dias de inatividade, as feridas demoraram para fechar, foram 15 vacinas, muita dor e revolta! Mas o tempo não volta, né? Então, vamos seguindo…

Com isso, fiquei sem poder competir. Perdi competições na Grécia, França, Áustria e outras mais… Difícil, mas tive de me resignar. Hoje, recuperado, sigo minha rotina de treinamento: de manhã, na praia, treino com bola e físico; à tarde, treino na academia e, às vezes, com bola de novo. Não é mole não, galera!

Agora estou me preparando para os Jogos Regionais de São Paulo, a partir de 21 de julho – represento a cidade de São José dos Campos faz quatro anos, já. Depois, treino mais alguns dias e sigo para a Europa no dia 3 de agosto, para jogar na Áustria, na Suíça e também na Alemanha, onde vou representar o Exército Brasileiro no Mundial de Vôlei de Praia das Forças Armadas. Que honra, não?

Por falar em Exército, na última quinta-feira, dia 24, tive a minha formatura! Agora, sou oficialmente sargento, ou melhor, terceiro sargento! Foi uma experiência fantástica! Ensaiamos a manhã inteira para a cerimônia, à tarde.

Quando a corneta tocou para o início da formatura, foi um frio na barriga que parecia até final de campeonato! Muito legal e emocionante! Pai, mãe, irmã, avó, sobrinha, esposa… todo mundo lá me prestigiando! Foi arrepiante!

Marchei, jurei a bandeira, desfilei e recebi a boina verde-oliva das mãos do meu pai, sinônimo de final do curso-estágio para sargento. Encerramos a cerimônia atirando as boinas para o alto, com muita festa e sentimento de dever cumprido com muito suor, luta e orgulho!

Vou tentar postar algumas fotos aqui para vocês poderem ver como eu estava bonito! hahahahaha

Bom pessoal, por enquanto é isso… Prometo não me ausentar mais por tanto tempo. Vou tentar, sempre que possível, dar uma passada por aqui para mantermos contato, ok?

Grande beijo e abraço e até qualquer dia…

Fui!

Bernardo Romano

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: